Home page
 
Post research opportunities
Find the ideal candidate
List of registered organisations
   
 
Post your CV
Find research opportunities
Practical information
Foreign Researchers Guide
Useful links
 
List and locate Portuguese Mobility Centres .
 
Portuguese research landscape
Find out how research is organised in Portugal.
Portuguese research policy
Find out about research policy in Portugal.
Women in science
Find out about the situation of women scientists.
 
Unique identifier: 14c91b7b-a346-466d-8560-702658e9302d

1. Descrição do cargo/posição/bolsa
1. Job description

Cargo/posição/bolsa:
Bolsa de Pós-Doutoramento (BPD)

Referência: FLUL_CFUL_MHC-FIL_1416_2BPD

Área científica genérica: Philosophy

Área científica específica:

Resumo do anúncio:

Encontra-se aberto concurso para a atribuição de duas (2) Bolsas de Pós-Doutoramento no âmbito do projecto «Experimentação e Dissidência» (PTDC/MHC-FIL/1416/2014) sediado no Centro de Filosofia da Universidade de Lisboa, financiado por fundos nacionais através da FCT/MCTES (PIDDAC).

Texto do anúncio

Encontra-se aberto concurso para a atribuição de duas (2) Bolsas de Pós-Doutoramento no âmbito do projecto «Experimentação e Dissidência» (PTDC/MHC-FIL/1416/2014) sediado no Centro de Filosofia da Universidade de Lisboa, financiado por fundos nacionais através da FCT/MCTES (PIDDAC), nas seguintes condições:

 

Área Científica: Filosofia

 

Requisitos de admissão:

1) Doutoramento numa das seguintes especialidades: Filosofia, Teoria da Literatura, Estudos Comparados, Estudos Alemães, Estudos Ingleses ou Americanos, Estudos Portugueses (os candidatos com Doutoramento em especialidade diferente de Filosofia deverão ter apresentado para provas uma dissertação com componente filosófica claramente determinável).

2) Exige-se igualmente experiência em investigação, designadamente publicações em área científica relacionável com a filosofia e participação activa nos trabalhos de pelo menos um Centro de Investigação.

3) É obrigatório o conhecimento aprofundado, oral e escrito, das línguas portuguesa e inglesa, bem como de pelo menos mais uma das seguintes línguas (por ordem de preferência): alemão, francês, dinamarquês, castelhano, italiano.

4) É igualmente obrigatória experiência de tradução do português para o inglês.

São factores preferenciais a facilidade de manipulação de instrumentos informáticos e a prática de edição de textos, designadamente no que toca à respectiva revisão.

 

Plano de trabalhos: Os bolseiros em efectividade de funções no projecto «Experimentação e Dissidência» deverão desenvolver trabalho de investigação compatível com as coordenadas do projecto, designadamente acerca de temas e autores – da segunda metade do século XVIII até ao presente – que tenham manifestamente contribuído para as transformações da filosofia, por via do respectivo posicionamento «experimental» e/ou «dissidente» do ponto de vista das discursividades usadas e da novidade conteudística das propostas em causa. Os bolseiros deverão igualmente publicar os resultados da sua investigação acima referida. Os bolseiros terão também a obrigação de levar a cabo todas as tarefas administrativas e técnicas necessárias ao bom desenvolvimento do projecto, designadamente assessorando o Investigador Principal e os restantes membros da equipa. No final do período de vigência das bolsas, cada bolseiro deverá ter publicado pelo menos dois artigos em especialidade compatível com o projecto e deverá ter desempenhado com resultados positivos as tarefas administrativas e técnicas acima mencionadas, contribuindo assim para o êxito do projecto.

Para uma mais completa percepção do âmbito do projecto em que o bolseiro se inserirá, transcreve-se de seguida parte do sumário da candidatura ao financiamento da FCT:

«Experimentação e dissidência são tomadas no presente projecto como meta-conceitos transversais e aglutinadores da investigação. O tipo de experimentação e dissidência que centralmente fornece o conteúdo deste projecto é de inspiração kierkegaardiana. Parte da crítica do Iluminismo (2.ª metade do séc. XVIII) e da crítica das versões mais institucionalizadas do Idealismo (séc. XIX), passa pela crítica do intelectualismo estrito e do niilismo (sensivelmente entre 1860 e 1950) e, por fim, desemboca na crítica da sociedade do espectáculo e das correntes políticas ou estéticas a ela ligadas (anos 60 a 90 do séc. XX). De entre estas práticas, periféricas em relação às correntes dominantes, destacaremos as de Johann Georg HAMANN, de Søren KIERKEGAARD, de Friedrich NIETZSCHE e de Guy DEBORD; tendo em conta os ecos produzidos ao longo dos tempos e até à actualidade, consideramos serem estes pensadores os que melhor demonstram a pertinência e a novidade desta investigação. Três vertentes marcam a originalidade e a novidade do projecto, a nível nacional e internacional: 1) A experimentação e a dissidência merecem especial atenção precisamente por serem responsáveis por aspectos vários da ruptura e da novidade em filosofia nos últimos dois séculos, com seminais consequências na actualidade; aliás, a experimentação e a dissidência estão no centro da ligação entre a filosofia e o agir concreto, rompendo com sucessivos isolamentos em que a filosofia se viu confinada. 2) A originalidade do projecto fica também marcada pela sua componente de crítica da linguagem filosófica; a experimentação própria dos autores chave do projecto passa indelevelmente por estilos do pensar que comportam uma acentuada crítica da linguagem da tradição filosófica, ficando assim patente a componente de filosofia da linguagem, fundamental no desenvolvimento da novidade de pensamento que se joga no período em causa na actividade de pensadores não alinhados com as correntes dominantes. 3) Importa ainda sublinhar o complexo de heterogeneidade e de unidade que o projecto envolve, em particular devido às linhas de confluência e de fractura que ao longo deste período se foram manifestando.»

 

Legislação e regulamentação aplicável: Lei Nº. 40/2004, de 18 de Agosto (Estatuto do Bolseiro de Investigação Científica) - http://www.fct.pt/apoios/bolsas/estatutobolseiro; Regulamento de Bolsas de Investigação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia, IP – em vigor http://www.fct.pt/apoios/bolsas/docs/RegulamentoBolsasFCT.pdf republicado em anexo ao Regulamento nº 326/2013, no Diário da República, 2ª série, nº 164, de 2 de Agosto de 2013, com a redacção actual) e do Regulamento de Bolsas da Universidade de Lisboa, aprovado por despacho da FCT,I.P (Despacho nº 6984/2014, publicado no Diário da República, 2ª série, nº 102, de 28 de Maio).

 

Local de exercício da actividade: As actividades relacionadas com as bolsas serão desenvolvidas no Centro de Filosofia da Universidade de Lisboa da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, sob a orientação científica do Professor Doutor José Miranda Justo.

 

Duração das bolsas: As bolsas a atribuir terão a duração de 12 meses, com início previsto em Março de 2018.  

Na sequência do procedimento para a atribuição das Bolsas,  se a lista de ordenação final, devidamente homologada, contiver um número de candidatos aprovados superior ao do número de Bolsas a ocupar, é sempre constituída uma reserva de recrutamento interna, a qual é utilizada no prazo máximo de 18 meses contados da data da homologação da lista de ordenação final, quando haja necessidade de ocupação por desistência do/a bolseiro/a.

 

Valor do subsídio de manutenção mensal: O montante da bolsa corresponde a 1.495 euros mensais conforme tabela de valores das bolsas atribuídas directamente pela FCT, I.P. no País (http://www.fct.pt/apoios/bolsas/valores). As bolsas serão pagas mensalmente por transferência bancária. A este valor acresce o Seguro Social Voluntário, correspondente ao 1º escalão, caso o candidato opte pela sua atribuição, bem como o Seguro de Acidentes Pessoais.

O desempenho de funções a título de bolseiro é efetuado em regime de dedicação exclusiva, ao abrigo do Artº. 5º do Estatuto do Bolseiro de Investigação Científica.

 

Métodos de selecção: Os métodos de selecção a utilizar serão os seguintes: (1) avaliação curricular e (2) entrevista, com a respectiva valoração de 10 a 20 valores e ponderação percentual de 50% para cada método.

 

Composição do Júri de Selecção: Presidente Professor Doutor José Miranda Justo (Professor Associado aposentado), vogal Professora Doutora Adriana Veríssimo Serrão (Professora Associada), Professor Doutor Carlos João Correia (Professor Associado).

 

Forma de publicitação/notificação dos resultados: Os resultados finais da avaliação serão publicitados, através de projecto de lista ordenada, afixada em local visível e público do Centro de Filosofia da Universidade de Lisboa, e publicitada na página electrónica da FLUL domiciliada na Internet (http://www.letras.ulisboa.pt/pt/investigacao/bolsas-de-investigacao/bolsas-flul ).

Do projecto de lista de classificação final podem os candidatos reclamar no prazo de 10 dias úteis contados da sua afixação/publicitação.

Os candidatos aprovados serão notificados através de e-mail.

 

Prazo de candidatura e forma de apresentação das candidaturas: O concurso encontra-se aberto no período de 4 de Dezembro de 2017 a 18 de Dezembro de 2017.

As candidaturas devem ser formalizadas, obrigatoriamente, através do envio de carta de candidatura acompanhada dos seguintes documentos: curriculum vitae, certificados de habilitações, documentos comprovativos dos conhecimentos linguísticos exigidos, duas cartas de recomendação, carta de motivação do candidato incluindo plano de investigação, outros documentos considerados relevantes.

As candidaturas deverão ser entregues, pessoalmente, durante o período das 9h às 13h e das 14h às 17h. de Segunda a Sexta, no secretariado do Centro de Filosofia da Universidade de Lisboa, ou remetidas por correio para:

Centro de Filosofia da Universidade de Lisboa

Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa

Alameda da Universidade,

P-1600-214 LISBOA

Ou ainda remetidas por correio electrónico para o endereço c.filosofia@letras.ulisboa.pt




Número de vagas: 2

Tipo de contrato: Outro

País: Portugal

Localidade: Lisboa

Instituição de acolhimento: Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa/Centro de Filosofia da Universidade de Lisboa


Data limite de candidatura: 18 December 2017
(A data limite de candidatura deve ser confirmada no texto do anúncio)

2. Dados de contactos da organização
2. Organization contact data

Instituição de contacto: Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa

Endereço:
Alameda da Universidade, Cid. Universitária
Lisboa - 1600-214
Portugal

Email: claudia.gomes@letras.ulisboa.pt

Website: http://www.letras.ulisboa.pt

3. Habilitações académicas
3. Required education Level


Vazio
4. Línguas exigidas
4. Required languages


Vazio
5. Experiência exigida em investigação
5. Required research experience


Vazio