Home page
 
Post research opportunities
Find the ideal candidate
List of registered organisations
   
 
Post your CV
Find research opportunities
Practical information
Foreign Researchers Guide
Useful links
 
List and locate Portuguese Mobility Centres .
 
Portuguese research landscape
Find out how research is organised in Portugal.
Portuguese research policy
Find out about research policy in Portugal.
Women in science
Find out about the situation of women scientists.
 
Unique identifier: 62954780-2ad9-4dc1-be12-c1edb3c3b55c

1. Descrição do cargo/posição/bolsa
1. Job description

Cargo/posição/bolsa:
Investigador Doutorado, na área de de electronica impressa e stretchable MEMS para biomonitorização.

Referência: ISR-DERMOTRONICS-PD

Área científica genérica: Engineering

Área científica específica: Electrical engineering

Resumo do anúncio:


O Instituto de Sistemas e Robótica (ISR) - Coimbra abre concurso de seleção para a contratação de um investigador doutorado, correspondente ao nível inicial nos termos da legislação aplicável, em regime de contrato de trabalho a termo incerto, ao abrigo do Sistema de Apoio à Investigação Científica e Tecnológica (SAICT) – Aviso n.º 02/SAICT/2017 - Projeto de Investigação Científica e Desenvolvimento Tecnológico (IC&DT), financiado por Fundos Europeus Estruturais e de Investimento (FEEI) - Programa Operacional Regional do Centro e por fundos nacionais através da Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT), no âmbito do projeto de investigação nº. 31784, “Electronic Skin over Epidermis for wearable bio-monitoring” (DERMOTRONICS).

Objetivos e tema dos trabalhos de investigação a desenvolver: Este projeto consiste na fabricação de “e-skin” extensível para biomonitorização que se adapta à pele do corpo humano e mede bio-sinais humanos. Esta tecnologia pode ser utilizada para uma monitorização contínua da saúde humana, através de uma monitorização de sinais vitais, tais como coração (Eletrocardiografia – ECG, oximetria de pulso), respiração, atividade cerebral (Eletroencefalografia – EEG), e os níveis de stress através da resposta galvânica da pele,  podendo ainda ser utilizada como uma ferramenta para jogos de auto-reabilitação que se podem fazer em casa, recorrendo a uma monitorização da atividade muscular (Eletromiografia – EMG). A “e-skin” produzida é muito fina e extensível, o que permite uma fácil adaptação à morfologia dinâmica da pele humana, o que significa que ela se adapta, estica e dobra consoante o movimento da epiderme, enquanto mede bio-sinais.
Diversas camadas funcionais ultrafinas, extensíveis e flexíveis,  são produzidas por um processo de laminação aditivo, incluindo uma camada com acreditação médica para interface com a pele, uma camada com os elétrodos para as medições, interconexões com eletrónicos integrados, e ainda uma camada para armazenamento de energia flexível (por exemplo, baterias ultra-finas). O objetivo é juntar todas estas camadas num filme adesivo de 2mm pronto a utilizar. A equipa do DERMOTRONICS envolve especialistas nos campos da eletrónica, MEMS, energia, polímeros e eletrónica impressa, contando ainda com os apoios de um dos laboratório mundialmente reconhecidos em eletrónica flexível e extensível – Soft Materials Lab da Carnegie Mellon University, bem como dos Departamentos de Eng. Eletrotécnica e Química da Universidade de Coimbra.


Texto do anúncio


 

AVISO DE ABERTURA DE PROCEDIMENTO CONCURSAL PARA A CONTRATAÇÃO DE 1 DOUTORADO(A) AO ABRIGO DO ARTIGO 19.º DO DECRETO-LEI N.º 57/2016, DE 29 DE AGOSTO, ALTERADO PELA LEI Nº 57/2017, DE 19 DE JULHO
Ref.ª ISR-DERMOTRONICS-PD


O Instituto de Sistemas e Robótica (ISR) - Coimbra abre concurso de seleção para a contratação de um investigador doutorado, correspondente ao nível inicial nos termos da legislação aplicável, em regime de contrato de trabalho a termo incerto, ao abrigo do Sistema de Apoio à Investigação Científica e Tecnológica (SAICT) – Aviso n.º 02/SAICT/2017 - Projeto de Investigação Científica e Desenvolvimento Tecnológico (IC&DT), financiado por Fundos Europeus Estruturais e de Investimento (FEEI) - Programa Operacional Regional do Centro e por fundos nacionais através da Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT), no âmbito do projeto de investigação nº. 31784, “Electronic Skin over Epidermis for wearable bio-monitoring” (DERMOTRONICS)

Legislação aplicável
•    Decreto n.º 57/2016, de 29 de agosto, alterado pela Lei nº 57/2017, de 19 de julho, que aprova um regime de contratação de doutorados destinado a estimular o emprego científico e tecnológico em todas as áreas do conhecimento (RJEC).
•    Código do trabalho, aprovado Lei n.º 7/2009, de 12 de Fevereiro, na sua redação atual.
•    Decreto Regulamentar nº 11-A/2017, de 29 de dezembro.


1.    Objetivos e tema dos trabalhos de investigação a desenvolver: Este projeto consiste na fabricação de “e-skin” extensível para biomonitorização que se adapta à pele do corpo humano e mede bio-sinais humanos. Esta tecnologia pode ser utilizada para uma monitorização contínua da saúde humana, através de uma monitorização de sinais vitais, tais como coração (Eletrocardiografia – ECG, oximetria de pulso), respiração, atividade cerebral (Eletroencefalografia – EEG), e os níveis de stress através da resposta galvânica da pele,  podendo ainda ser utilizada como uma ferramenta para jogos de auto-reabilitação que se podem fazer em casa, recorrendo a uma monitorização da atividade muscular (Eletromiografia – EMG). A “e-skin” produzida é muito fina e extensível, o que permite uma fácil adaptação à morfologia dinâmica da pele humana, o que significa que ela se adapta, estica e dobra consoante o movimento da epiderme, enquanto mede bio-sinais.
Diversas camadas funcionais ultrafinas, extensíveis e flexíveis são produzidas por um processo de laminação aditivo, incluindo uma camada com acreditação médica para interface com a pele, uma camada com os elétrodos para as medições, interconexões com eletrónicos integrados, e ainda uma camada para armazenamento de energia flexível (por exemplo, baterias ultra-finas). O objetivo é juntar todas estas camadas num filme adesivo de 2mm pronto a utilizar. A equipa do DERMOTRONICS envolve especialistas nos campos da eletrónica, MEMS, energia, polímeros e eletrónica impressa, contando ainda com os apoios de um dos laboratórios mundialmente reconhecidos em eletrónica flexível e extensível – Soft Materials Lab da Carnegie Mellon University, bem como dos Departamentos de Eng. Eletrotécnica e Química da Universidade de Coimbra.

2.    Composição do júri: Em conformidade com o artigo 13.º do RJEC, o júri do concurso é composto pelos Doutores Mahmoud Tavakoli (Presidente do Júri e Responsável do Projeto), Anibal T. De Almeida (Co-responsável do Projeto) e Jorge Fernando Jordão Coelho.

3.    Data de Início do contrato e Local de Trabalho: O presente contrato tem início previsto em Janeiro de 2019. As atividades serão desenvolvidas nas instalações do ISR em Coimbra (Polo II) e/ou noutros locais necessários à execução do plano de trabalhos.

4.    Remuneração Mensal: A remuneração base ilíquida mensal a atribuir é de 2.128,34 Euros de acordo com a alínea a) do n.º 1 do artigo 15.º da Lei nº 57/2017, de 19 de julho e com a primeira posição remuneratória do nível inicial previsto no artigo 2.º do Decreto Regulamentar n. 11-A/2017, de 29 de Dezembro, correspondente ao nível 33 da tabela remuneratória única, aprovada pela Portaria n.º 1553-C/2008, 31 de dezembro.

5.    Perfil do(a) candidato(a): São elegíveis a concurso cidadãos nacionais, estrangeiros e apátridas que possuam os seguintes requisitos:
•    Doutoramento em Engenharia Eletrotécnica, Mecatrónica, e de Computadores, Engenharia Biomédica, Engenharia Informática, ou área científica afim;
•    Experiência comprovada no projeto, implementação e teste de circuitos electrónicos;
•    Experiência comprovada na implementação de sistemas embebidos, programação de microcontroladores, micro-soldering, processamento de sinal;
•    Bons conhecimentos de programação em C/C++, C#;
•    Experiência comprovada na participação em projetos de investigação científica;
•    Experiência nas seguintes áreas não é obrigatório, mas é considerado como vantagem:
o    Microfluidics;
o    Processamento de sinais biomedicais como por exemplo EMG/ECG/EEG;
o    Soft Robotics;
o    Printed Electronics;
o    Biomateriais;
o    Impressão 3D;

•    Boa capacidade de comunicação e de organizar, planear e conduzir tarefas do projeto de forma autónoma, bem como apresentar progressos em reuniões nacionais e internacionais;
•    Capacidade comprovada de orientar de forma autónoma alunos não graduados e bolseiros;
•    Proficiência em Inglês falado e escrito;
•    Autonomia, espírito crítico, sensibilidade e motivação para trabalhar em equipa, habituado a trabalhar por objetivos e cumprir prazos.
NOTA: Caso o doutoramento tenha sido conferido por instituição de ensino superior estrangeira, o mesmo tem de obedecer ao disposto no Decreto-Lei n.º 341/2007, de 12 de outubro, devendo quaisquer formalidades aí estabelecidas estar cumpridas até à data do termo do prazo para a candidatura.

6.    Processo de candidatura: O concurso tem início em 4 de Outubro de 2018 e término em 31 de Janeiro de 2019, devendo a formalização das candidaturas efetuar-se mediante o envio dos documentos abaixo indicados, via email, em formato de PDF, para os endereços de correio eletrónico: mahmoud@isr.uc.pt e lara@isr.uc.pt, com indicação da ref.ª ISR-DERMOTRONICS-PD (obrigatório):
a)    Carta de motivação do(a) candidato(a) em língua inglesa, com identificação deste aviso, nome completo, filiação, número e data do bilhete de identidade, do Cartão de Cidadão, ou número de identificação civil, número de identifica-ção fiscal, data e localidade de nascimento, estado civil, profissão, residência e endereço de contacto, incluindo endereço electrónico e contacto telefónico;
b)    Curriculum Vitae completo em língua inglesa;
c)    Certificado de Doutoramento;
d)    Identificadores de ORCID e Scopus;
e)    Contacto de 2 referências.
f)    (Não Obrigatório) Proposta de um Plano de Investigação que deverá incluir possíveis metodologias para a concretização dos objetivos mencionados no ponto 1 (em língua inglesa);

Nota: O não cumprimento destes requisitos determina a rejeição liminar da candidatura.

6.1    As falsas declarações prestadas pelos candidatos serão punidas nos termos da lei.

6.2    O ISR-Coimbra promove ativamente uma política de não discriminação e de igualdade de acesso, pelo que nenhum candidato(a) pode ser privilegiado(a), be-neficiado(a), prejudicado(a) ou privado(a) de qualquer direito ou isento(a) de qualquer dever em razão, nomeadamente, de ascendência, idade, sexo, orienta-ção sexual, estado civil, situação familiar, situação económica, instrução, origem ou condição social, património genético, capacidade de trabalho reduzida, defici-ência, doença crónica, nacionalidade, origem étnica ou raça, território de origem, língua, religião, convicções políticas ou ideológicas e filiação sindical.

6.3    Nos termos do D.L. nº 29/2001, de 3 de fevereiro, o(a) candidato(a) com defici-ência tem preferência em igualdade de classificação, a qual prevalece sobre qualquer outra preferência legal. Os candidatos devem declarar na candidatura, sob compromisso de honra, o respetivo grau de incapacidade, o tipo de deficiên-cia e os meios de comunicação/expressão a utilizar no processo de seleção, nos termos do diploma supramencionado.

7.    Critérios de Avaliação: As candidaturas admitidas a concurso serão avaliadas tendo em conta a qualidade, atualidade e relevância do percurso científico (produção científica e experiência de investigação) e curricular de cada candidato(a) e respetiva adequação ao plano de trabalhos proposto.
Primeira fase: Análise do Currículo (50%), da Proposta de Plano de Investigação (40%) e da Carta de Motivação (10%).

Segunda fase: O júri selecionará para entrevista os candidatos que tenham obtido na primeira fase uma classificação igual ou superior a 60% da cotação máxima da primeira fase. Se não se apresentarem a concurso candidatos, cuja classificação no final das duas fases não seja pelo menos 60%, assiste ao júri a faculdade de não selecionar nenhum dos candidatos. Em caso de empate, a decisão de desempate caberá ao presidente do júri.
Na entrevista, o candidato deverá apresentar o Plano de Investigação, a partir do qual o júri irá estimular um debate aberto sobre o seu conteúdo.
No caso de candidatos estrangeiros a residir fora de Portugal, a entrevista será rea-lizada por videoconferência.

Valoração Final: Primeira fase (50%) e de entrevista (50%).

7.1    Após conclusão da aplicação dos critérios de seleção, o júri procede à redação de uma ata, na qual constará todo o processo de recrutamento, avaliação e seleção, na qual se inclui a lista ordenada dos candidatos aprovados com a respetiva classificação e a decisão final do júri.

7.2    A decisão final do júri é homologada pelo dirigente máximo da instituição, a quem compete também decidir da contratação.



8.    Resultados: A lista de candidatos admitidos e excluídos bem como a lista de classificação final são afixadas nas instalações do ISR sitas em Pinhal de Marrocos, Polo II, Coimbra, sendo os candidatos notificados por e-mail.

9.    Audiência Prévia e prazo para a Decisão Final: Nos termos do artigo 121.º do Código do Procedimento Administrativo, após notificados, os candidatos têm 10 dias úteis para se pronunciar. No prazo de 90 dias, contados a partir da data limite para a apresentação das candidaturas, são proferidas as decisões finais do júri.





Número de vagas: 1

Tipo de contrato: Informação não disponível

País: Portugal

Localidade: Coiimbra

Instituição de acolhimento: Instituto de Sistemas e Robótica - UC


Data limite de candidatura: 31 January 2019
(A data limite de candidatura deve ser confirmada no texto do anúncio)

2. Dados de contactos da organização
2. Organization contact data

Instituição de contacto: Instituto de Sistemas e Robótica (ISR)- Pólo de Coimbra-Universidade de Coimbra

Endereço:
Universidade de Coimbra - Polo II
Coimbra - 3030-290 COIMBRA
Portugal

Email: mahmoud@isr.uc.pt

Website: http://www.isr.uc.pt/

3. Habilitações académicas
3. Required education Level


Vazio
4. Línguas exigidas
4. Required languages


Vazio
5. Experiência exigida em investigação
5. Required research experience


Vazio