Home page
 
Post research opportunities
Find the ideal candidate
List of registered organisations
   
 
Post your CV
Find research opportunities
Practical information
Foreign Researchers Guide
Useful links
 
List and locate Portuguese Mobility Centres .
 
Portuguese research landscape
Find out how research is organised in Portugal.
Portuguese research policy
Find out about research policy in Portugal.
Women in science
Find out about the situation of women scientists.
 
Unique identifier: 9dd998f8-db9b-426e-af0d-0c334a9386ef

1. Descrição do cargo/posição/bolsa
1. Job description

Cargo/posição/bolsa:
Professor Auxiliar

Referência: UCP-CECC/EDITAL/0019/2019

Área científica genérica: Literature

Área científica específica:

Resumo do anúncio:

A Doutora Isabel Maria de Oliveira Capeloa Gil, Reitora da Universidade Católica Portuguesa, faz saber que, perante esta Reitoria, se encontra aberto, pelo prazo de 30 dias úteis, concurso para recrutamento de uma vaga de Professor Auxiliar para a Faculdade de Ciências Humanas, nas áreas disciplinares de Estudos Literários ou Português Língua Estrangeira. A presente contratação ocorre no âmbito do Contrato-Programa do Procedimento Concursal de Apoio Institucional (artigos 17.º, 19.º e 28.º do Regulamento do Emprego Científico) assinado entre a Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P. (FCT, IP) e a Universidade Católica Portuguesa (UCP).

Texto do anúncio

Em conformidade com o disposto no Estatuto da Carreira Docente da Universidade Católica Portuguesa e no regulamento dos concursos de recrutamento de professores auxiliares da Faculdade de Ciências Humanas, aprovado pelo Despacho Reitoral nº NR/R/0070/2017, de 30 de janeiro, observar-se-ão os seguintes procedimentos. 1. Os requisitos de candidatura são os constantes do Regulamento de Concursos de recrutamento de Professores Auxiliares da Faculdade de Ciências Humanas e do Estatuto da Carreira Docente da Universidade Católica Portuguesa, mormente no nº1 do artigo 12º e nos artigos 22º e 23º. 2. O requerimento de admissão a concurso, dirigido à Reitora, deve ser instruído com os documentos discriminados no artigo 9º do Regulamento de Concursos de Recrutamento de Professores Auxiliares da Faculdade de Ciências Humanas. 3. Findo o prazo estabelecido por este edital, a Reitora profere o despacho liminar de admissão ou não admissão ao concurso, baseando-se este último no não preenchimento das condições para tal estabelecidas. Os candidatos não admitidos podem pronunciar-se no prazo de 10 dias úteis, sendo a decisão final tomada no prazo máximo de 30 dias úteis. 4. Os candidatos admitidos a concurso devem juntar, no prazo de 30 dias, contados a partir da data de notificação do despacho de admissão: a) Um exemplar impresso e um exemplar em suporte digital do curriculum vitae; b) Um exemplar em suporte papel ou em suporte digital de cada um dos trabalhos mencionados no eu curriculum vitae; c) Um programa, com objetivos, conteúdos programáticos e bibliografia de uma unidade curricular a lecionar nas áreas em que é aberto o concurso; d) Um exemplar impresso e um exemplar em suporte digital de um plano de desenvolvimento de carreira que inclua o projeto científico e pedagógico que se propõe desenvolver na Universidade. 5. Os critérios de seleção para apresentação de candidatura a concurso são os constantes das Normas para admissão a concurso de Professores Auxiliares, Associados e Catedráticos, em vigor na Faculdade de Ciências Humanas. 6. Os critérios de seriação, em mérito absoluto e mérito relativo (por ordem decrescente) dos candidatos, são os seguintes: I. Componente científica do curriculum vitae: 50% Publicação de livros, capítulos de livros, artigos e textos em revistas e volumes de Atas com arbitragem científica [pode incluir publicações no prelo aceites, com indicação de editora/título de revista]: 0-15 Conferências e comunicações apresentadas por convite ou submissão em eventos científicos: 0-10 Coordenação e participação em projetos/redes de investigação e organização e participação em eventos científicos: 0-10 Orientação de dissertações ou outras componentes não curriculares de 2.º ciclo: 0-5 Outras publicações científicas (comentários a edições críticas, artigos em dicionários/enciclopédias, prefácios, working papers, traduções científicas, relatórios científicos, etc.): 0-5 Outras atividades científicas (prémios, bolsas, pertença a órgãos editoriais ou painéis de avaliação científica, conferências ou comunicações em eventos não académicos, etc.): 0-5 II. Componente pedagógica do curriculum vitae: 30% Diversidade de unidades curriculares lecionadas (matérias e ciclos de estudo ou outros cursos): 0-20 Programa de uma unidade curricular a lecionar na área do concurso (objetivos, conteúdos programáticos e bibliografia): 0-5 Participação em júris académicos: 0-5 III. Componente de serviço do curriculum vitae: 10% Participação na gestão académica da Universidade ou da Faculdade, suas áreas, institutos, centros de estudo, cursos e outras estruturas ou órgãos científicos e pedagógicos; atividades de extensão e promoção universitárias e de serviço à sociedade civil ou à Igreja (afiliações científicas e culturais, conselhos, comissões ou consultorias, presença nos media, etc.) IV. Plano de desenvolvimento académico: 10% Relatório sintético ou carta de apresentação que inclua uma autorreflexão e autoavaliação do percurso académico já realizado pelo candidato e a projeção de algumas opções ou caminhos de investigação futura, incluindo dimensão internacional, que possam contribuir para o desenvolvimento e evolução, em termos científicos e institucionais, da área disciplinar para que é aberto o concurso. 7. Serão valorizadas as candidaturas dos detentores de um curriculum vitae que demonstre atividade continuada de investigação, ensino, gestão académica e serviço à comunidade nas áreas de Estudos Literários ou Português Língua Estrangeira. 8. Para o efeito da seriação dos candidatos, cada membro do júri procede, separadamente, à graduação em mérito relativo dos candidatos e, em função disso, participa na votação para o 1º lugar, depois para o 2º lugar, e assim sucessivamente, até à ordenação de todos os candidatos aprovados em mérito absoluto. Concluída a aplicação dos critérios de seriação, o júri procede à elaboração do projeto de lista unitária de ordenação dos candidatos. 9. O projeto de lista de ordenação, com a respetiva fundamentação, incluindo quanto à não inclusão nela dos candidatos não admitidos em mérito absoluto, é notificado aos candidatos para audiência escrita, pelo prazo de 10 dias, sendo, na sequência disso, a lista de ordenação adotada pelo júri no prazo máximo de 30 dias. 10. A deliberação final do júri, a proferir no prazo máximo de 150 dias, contado desde a data da publicação do despacho da sua nomeação, é lavrada em ata, com indicação dos votos individualmente expressos e dos respetivos fundamentos, não sendo permitidas abstenções. 11. No prazo de 8 dias, a decisão final, juntamente com as atas, é enviada à Reitora para que esta profira despacho de homologação da lista de ordenação e a mande publicar. 12. Composição do júri: Doutor Nelson Costa Ribeiro, Diretor da Faculdade de Ciências Humanas, que preside Doutor Peter Hanenberg, professor associado da Universidade Católica Portuguesa Doutora Alexandra Lopes, professora associada da Universidade Católica Portuguesa Doutora Ana Paula Coutinho, professora associada da Universidade do Porto Doutora Marta Teixeira Anacleto, professora associada com agregação da Universidade de Coimbra Doutora Isabel Ermida, professora catedrática da Universidade do Minho Política Privacidade A Universidade Católica Portuguesa é a Responsável pelo Tratamento de Dados Pessoais nos termos do Regulamento (UE) 2016/679 (Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados). Os dados pessoais tratados no âmbito deste concurso de recrutamento destinam-se à instrução do mesmo, e serão tratados pela Universidade Católica Portuguesa com a finalidade de verificação do preenchimento, por parte dos candidatos, dos pressupostos fixados na legislação aplicável para a sua contratação. A oposição ao tratamento dos dados por parte dos candidatos inviabilizará a admissão da candidatura e, por conseguinte, a análise e avaliação da mesma. Os dados pessoais do Titular, se tal for indispensável para o cumprimento das obrigações da Universidade Católica Portuguesa, poderão ser transmitidos a terceiros, a saber, às Entidades Financiadoras identificadas no presente Edital. O prazo de conservação dos dados corresponderá ao prazo de cinco anos legalmente definido. O Titular dos dados tem o direito de se opor à recolha e tratamento, de verificar, corrigir, eliminar e de limitar a utilização dos dados recolhidos. O exercício destes direitos é excecionado quando os seus dados pessoais são utilizados para salvaguarda do interesse público, nomeadamente em casos de deteção e prevenção de crimes, ou quando os mesmos estão sujeitos a sigilo profissional. O Titular dos dados tem direito de acesso e portabilidade dos dados. Direitos do Titular dos Dados Pessoais: https://www.ucp.pt/pt-pt/direitos-do-titular-dos-dados Para o exercício dos respetivos direitos, contactar a Universidade através do endereço de e-mail compliance.rgpd@ucp.pt ou para a morada identificada no final do presente Edital em “Contactos para esclarecimentos”. O Titular dos dados tem sempre o direito de contactar e dirigir uma reclamação à Comissão Nacional de Proteção de Dados. Política de não discriminação e de igualdade de acesso A Universidade Católica Portuguesa promove, ativamente, uma política de não discriminação e de igualdade de acesso, pelo que nenhum candidato/a pode ser privilegiado/a, beneficiado/a, prejudicado/a ou privado/a de qualquer direito ou isento/a de qualquer dever em razão, nomeadamente, de ascendência, idade, género, orientação sexual, estado civil, situação familiar, situação económica, instrução, origem ou condição social, património genético, capacidade de trabalho reduzida, deficiência, doença crónica, nacionalidade, origem étnica ou raça, território de origem, língua, religião, convicções políticas ou ideológicas e filiação sindical. Notas finais O presente concurso destina-se, exclusivamente, ao preenchimento da vaga indicada, podendo ser feito cessar até à homologação da lista de ordenação final dos candidatos e caduca com a respetiva ocupação do posto de trabalho em oferta. O presente concurso e o contrato celebrado na sequência do mesmo apenas produzirão efeitos caso se verifiquem as condições de financiamento previstas pela FCT, sendo a interrupção ou suspensão do financiamento fundamento para a cessação do contrato. O presente concurso pode ser anulado quando ficar deserto, quando ocorrer qualquer caso de força maior, ou quando razões de ordem orçamental, supervenientes à abertura do concurso, o determinem. Com o(a) candidato(a) selecionado(a) será celebrado contrato de docente auxiliar de acordo com o que dispõe o Estatuto de Carreira de Docente da UCP. Contactos para candidaturas: direccaofch@fch.lisboa.ucp.pt


Número de vagas: 1

Tipo de contrato: Outro

País: Portugal

Localidade: Lisboa

Instituição de acolhimento: Universidade Católica Portuguesa


Data limite de candidatura: 22 March 2019
(A data limite de candidatura deve ser confirmada no texto do anúncio)

2. Dados de contactos da organização
2. Organization contact data

Instituição de contacto: Centro de Estudos de Comunicação e Cultura, Universidade Católica Portuguesa - Faculdade de Ciências Humanas

Endereço:
Palma de Cima
Lisboa - 1649-023
Portugal

Email: cecc@fch.lisboa.ucp.pt

Website: http://cecc.fch.lisboa.ucp.pt/en/

3. Habilitações académicas
3. Required education Level

Grau: Doutoramento
Domínio científico: Literature
4. Línguas exigidas
4. Required languages


Vazio
5. Experiência exigida em investigação
5. Required research experience


Vazio